Peças Processuais

Petição para juntada de atestado médico adiamento de audiência Novo CPC art 362

Modelo de petição de juntada de documento de atestado médico, com requerimento de adiamento de audiência, por motivo de doença, feito com suporte no artigo 362 do novo cpc.

Avalie-nos e receba de brinde diversas petições!

  • star_rate
  • star_rate
  • star_rate
  • star_rate
  • star_rate
  • 4.7/5
  • 24 votos
Peça processual

Características deste modelo de petição

Autor da petição:

Código da Petição: PETITION-1103

Histórico de atualizações

Peça Grátis

Todas as petições do site são em arquivos Word editáveis, adaptando-se perfeitamente ao seu caso.

Faça a diferença: nossas peças já vêm com notas de jurisprudência (sempre atualizadas), leis e doutrina.

Todo site em 12x sem juros Atualização sem custo
Facebook icon
Sinopse

Modelo de petição pronta com pedido de adiamento de audiência - Juntada de atestado médico novo CPC

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA 00ª VARA CÍVEL DA CIDADE (PP)

 

 

 

 

 

Ação de Reparação de Danos

Proc. nº.  445566-77.2018.10.09.0001

Autor: JOAQUIM DAS QUANTAS

Ré: BANCO XISTA S/A 

 

                                               Intermediado por seu mandatário ao final firmado, comparece, com o devido respeito à presença de Vossa Excelência, JOAQUIM DAS QUANTAS, já qualificado na peça vestibular, para requerer o que se segue.

 

01.                                          Consoante despacho próximo passado, o qual dormita à fl. 67, fora designada audiência de instrução para o próximo dia 27 do corrente mês.

 

02.                                          Urge destacar, de outro importe, que a parte adversa protestou (fl. 56) pelo depoimento do Autor.

 

 03.                                         Segundo o atestado médico, ora trazido à baila (doc. 01), destaca-se que o Promovente se encontra enfermo. Por essa razão, não poderá comparecer à audiência de instrução designada.

Baixe esta modelo de petição de requerimento de adiamento de audiência no formato PDF

04.                                          Registre-se, mais, que este pleito processual é formulado antes da audiência (novo CPC, art. 362, § 1º). Por outro lado, o motivo do pedido se encontra devidamente justificado pela prova, ora acostada (novo CPC, art. 362, inc. II).

 

 05.                                         No tocante ao tema em relevo, vejamos as lições da doutrina de Fredie Didier Júnior

O art. 362, CPC, prevê, contudo, a possibilidade de adiamento da audiência, em três hipóteses: i) por convenção das partes; ii) pela ausência de sujeitos do processo que necessariamente deveriam fazer parte da ausência – nesse caso, é preciso que haja motivo justificado para o adiamento, comprovado até a abertura da audiência (art. 362, § 1º, CPC) ... . (DIDIER JÚNIOR, Fredie. Curso de Direito Processual Civil – vol. 02, Reescrito com base no NOVO CPC. 10ª Ed. Salvador: JusPodvm, 2015)

(sublinhamos) 

                                              Conteúdo protegido por direitos autorais

 06.                                         Em abono dessa disposição doutrinária, mister se faz trazer à colação os seguintes julgados: 

EMBARGOS MONITÓRIOS. PROCEDÊNCIA PRONUNCIADA. APELO DO EMBARGADO. CERCEAMENTO DE DEFESA. AUDIÊNCIA DE INSTRUÇÃO E JULGAMENTO COM PROLAÇÃO DE SENTENÇA ACOLHENDO OS EMBARGOS MONITÓRIOS. PORÉM, PEDIDO DE ADIAMENTO DO ATO FORMULADO PELO PROCURADOR DA AUTORA, INSTRUÍDO COM PROVA HÁBIL DE IMPOSSIBILIDADE DE SEU COMPARECIMENTO, PROTOCOLIZADO EM TEMPO OPORTUNO, MAS NÃO LEVADO AO PRÉVIO CONHECIMENTO DO MAGISTRADO. LIMITADO O DIREITO À AMPLA DEFESA NO CASO. JUNTADA EXTEMPORÂNEA QUE NÃO PODE OCASIONAR PREJUÍZOS À PARTE. NULIDADE.

O inconformismo apresentado deve ser provido, tendo em vista que, por inteligência ao art. 362, II, §1º, do CPC/2015, a audiência de instrução e julgamento poderá ser adiada quando as partes não puderem comparecer por motivo justificado. HONORÁRIOS RECURSAIS. NÃO FIXAÇÃO. Os honorários não são devidos quando o acórdão se limita a anular a sentença, determinando o prosseguimento do feito, cuja fixação e/ou majoração pressupõe a existência de uma decisão anterior. RECURSO CONHECIDO E PROVIDO. (TJSC; AC 0002090-80.2013.8.24.0066; São Lourenço do Oeste; Terceira Câmara de Direito Comercial; Rel. Des. Gilberto Gomes de Oliveira; DJSC 15/02/2018; Pag. 206)

- Confira nosso acervo de modelos de petições prontas da área cível

- Busque seu modelo de petição neste link (ordem alfabética) 

HOSPITAL QUE SÓ TEM RESPONSABILIDADE PELOS ATOS PRATICADOS POR MÉDICOS A ELE VINCULADOS, DESDE QUE COMPROVADA A CULPA DO PREPOSTO (RESPONSABILIDADE SUBJETIVA). INEXISTÊNCIA DE VÍNCULO DE SUBORDINAÇÃO ENTRE A MÉDICA RESPONSÁVEL PELA CIRURGIA E O HOSPITAL RÉU.

Ausência de falha na prestação dos serviços que cabiam ao hospital, com relação às suas instalações físicas, equipamentos e serviços auxiliares. Improcedência dos pedidos com relação ao segundo réu. 2. Laudo pericial conclusivo. Erro médico constatado, decorrente do esquecimento de compressa cirúrgica dentro do abdômen de paciente. Incontroversa a realização de duas cirurgias, uma cesariana e outra para remover o corpo estranho. 3. Recebimento de pensão pelo período de incapacidade temporária para exercer sua atividade laborativa. Parte autora que comprovou seus ganhos mensais à época dos fatos. 4. Dano estético configurado. Autora ficou que ficou com uma cicatriz abaixo do umbigo, causando pequena deformação em seu abdômen, o que sem dívida é capaz de abalar a autoestima da demandante. 5. Danos corporais que abrangem os danos estéticos. Ausência de cláusula expressa de exclusão de cobertura para os danos estéticos. Seguradora denunciada que deve arcar com o pagamento da indenização a título de danos estéticos, nos limites da apólice. 6. Majoração da verba indenizatória devida a título de danos estéticos. 7. Dano moral suportado em virtude da demora no diagnóstico da causa das dores abdominais e no sofrimento da paciente, que teve que se submeter a uma segunda cirurgia. Majoração do quantum indenizatório. 8. Ausência de previsão legal para aplicação de multa para o caso de não comparecimento injustificado da parte à audiência de instrução e julgamento. Art. 362, §§ 1º e 2º do CPC/2015. Multa prevista no art. 334, §8º do CPC/2015 que é aplicável apenas aos casos de não comparecimento injustificado de alguma das partes à audiência de conciliação. Multa fixada em desfavor da denunciada que se afasta. 9. Reforma parcial da sentença. 10. DÁ-SE PROVIMENTO À APELAÇÃO DA SEGUNDA RÉ, E PARCIAL PROVIMENTO AOS DEMAIS RECURSOS DE APELAÇÃO. (TJRJ; APL 0409819-29.2016.8.19.0001; Rio de Janeiro; Vigésima Quinta Câmara Cível; Rel. Des. Sergio Seabra Varella; DORJ 01/02/2018; Pág. 533)

 Compartilhe este artigo nas redes sociais

Compartilhe no Google Plus

JUIZADOS ESPECIAIS CÍVEIS. EMBARGOS DE DECLARAÇÃO. PRELIMINAR. CERCEAMENTO DE DEFESA. PETIÇÃO. NÃO APRECIAÇÃO. REDESIGNAÇÃO JULGAMENTO. IMPOSSIBILIDADE. COMPARECIMENTO. SUSTENTAÇÃO ORAL. CAUSÍDICO. PRELIMINAR REJEITADA. ÔNUS DA SUCUMBÊNCIA. GRATUIDADE DA JUSTIÇA. EMBARGOS CONHECIDOS E ACOLHIDOS EM PARTE.

1. Advogado impossibilitado de comparecer ao julgamento do recurso inominado alega preliminar de nulidade absoluta do julgamento, por cerceamento de defesa, porque não foi apreciada sua petição de redesignação de data, e por não ter feito sustentação oral. Alega a inexigibilidade da condenação em honorários porque deferida a gratuidade de justiça. 2. Preliminar de cerceamento de defesa. O Advogado comprovou a impossibilidade de comparecimento à sessão de julgamento, conforme petição e documentos (ID 1908563, ID´s 1908617, 1908619), nos termos do art. 362, II, do CPC. 3. Todavia, a falta de sustentação oral não constitui cerceamento de defesa hábil a anular o julgamento do recurso se não ficar demonstrado o efetivo prejuízo - pas de nullité sans grief. Mantém-se o acórdão que cumpriu sua finalidade analisando as teses jurídicas sustentadas e as decidiu fundamentadamente, emitindo juízo de valor sobre as questões relevantes para o julgamento da matéria devolvida no recurso. Preliminar rejeitada. 4. Merecem prosperar os embargos de declaração para excluir do acórdão a condenação do autor quando a gratuidade de justiça for concedida em seu benefício (ID 1828514). 5. EMBARGOS CONHECIDOS E ACOLHIDOS EM PARTE, tão somente para determinar a suspensão da exigibilidade do pagamento das custas processuais e dos honorários advocatícios pela parte autora, ora embargante, em razão da gratuidade de justiça que lhe fora deferida, mantendo-se, no mais, os demais termos do V. Acórdão embargado (art. 54, parágrafo único e art. 55, Lei nº 9099/95). 6. Decisão proferida nos termos do art. 46, da Lei nº 9.099/95. (TJDF; Proc 0704.38.1.222016-8070020; Ac. 105.8260; Primeira Turma Recursal dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais; Rel. Juiz Fabrício Fontoura Bezerra; Julg. 07/11/2017; DJDFTE 15/12/2017)

 

 07.                                        Em arremate, o Autor pede seja designada data para a realização de audiência de instrução, com as comunicações de estilo.   

 

Respeitosamente, pede deferimento. 

 

Cidade (PP), 00 de fevereiro de 0000.

Alberto Bezerra

Advogado OAB/PP 12345

Alberto Bezerra, professor de prática forense civil, pós-graduado em direito empresarial pela PUC/SP, fundador do site Petições Online.

 

Outras informações importantes

Veja o conteúdo dessa petição

 

Avaliações

Ainda não há comentários nessa detição. Seja o primeiro a comentar!

Faça login para comentar

Ou faça o login com...