Peças Processuais

Impugnação a contestação por negativa geral

Modelo de impugnação à contestação por negativa geral feita por curador especial à réu revel. Novo CPC art 72. Revelia. 

Avalie-nos e receba de brinde diversas petições!

  • star_rate
  • star_rate
  • star_rate
  • star_rate
  • star_rate
  • 5.0/5
  • 3 votos

Características deste modelo de petição

Autor da petição:

Código da Petição: PETITION-1988

Número de páginas: 4

Histórico de atualizações

Peça Grátis

Todas as petições do site são em arquivos Word editáveis, adaptando-se perfeitamente ao seu caso.

Faça a diferença: nossas peças já vêm com notas de jurisprudência (sempre atualizadas), leis e doutrina.

Facebook icon
e-mail icon
WhatsApp
Sinopse

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DA 00ª VARA CÍVEL DA CIDADE

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ação de Indenização por Danos Morais  

Proc. nº.  44556.11.8.2019.99.0001

Autora: JOAQUINA DE TAL

Réu: BELTRANO DAS QUANTAS

 

 

 

                                               Intermediada por seu mandatário ao final firmado, comparece, com o devido respeito a Vossa Excelência, JOAQUINA DE TAL, já qualificada na exordial, haja vista que o Réu, por meio de seu curador especial (novo CPC, art. 72, inc. II), externou contestação por negativa geral (novo CPC, art. 341, parágrafo único), vem, na quinzena legal (CPC, art. 350), para apresentar

 

RÉPLICA À CONTESTAÇÃO,

 

tudo consoante as linhas abaixo explicitadas.                                          

 

(1) – DAS CONSIDERAÇÕES FEITAS NA DEFESA

 

                                               Dormita às fls. 71/85 a defesa da Promovida. Nessa, seu patrono, atuando na qualidade de curador especial, declina defesa, por negativa geral, requerendo, ao fim dessa, o julgamento da lide no presente estágio processual.                                                                          

 

2 – NO ÂMAGO DA PRETENSÃO  

                                     

                                               Em verdade, não há que se falar em julgamento antecipado da lide, alcançando-se, até mesmo, o mérito da demanda.

 

                                               São totalmente inapropriadas as pretensões, alocadas pelo Demandado. Há, decerto, provas a serem produzidas, reclamando, por isso, a observância do que delimita o art. 355, inc. I, do novo CPC.

 

                                               Afinal de contas, registre-se, com a petição inicial, quanto aos fatos, afirmou-se que “o réu já havia deferido um outro ataque à personalidade da Promovente, quando, na oportunidade, chamou-a de vagabunda.”

 

                                               Dessarte, Excelência, esse acontecimento fático, obviamente, necessita ser ratificado por testemunhas, em audiência de instrução e julgamento.                                    

 

3  - EM CONCLUSÃO

 

                                      Ex positis, a Autora renova o pedido de produção de prova oral em audiência, nomeadamente com a tomada de depoimento de testemunhas, a serem arroladas oportuno tempore..

                                 

              Respeitosamente, pede deferimento.

 

 

                    Cidade, 00 de fevereiro de 0000.

 

 

                         Fulano(a) de Tal

                                               Advogado(a)

Outras informações importantes

Avaliações

Ainda não há comentários nessa detição. Seja o primeiro a comentar!

Faça login para comentar

Ou faça o login com...