Peças Processuais

Minuta de divórcio extrajudicial novo CPC Modelo escritura pública

Modelo de petição com uma minuta de divórcio extrajudicial, conforme novo cpc. Nesta minuta, há o passo a passo do procedimento a ser feito, inclusive com a relação dos documentos para serem entregues ao cartório, sobremodo à partilha de bens, para que essa faça a escritura pública. 

Avalie-nos e receba de brinde diversas petições!

  • star_rate
  • star_rate
  • star_rate
  • star_rate
  • star_rate
  • 4.4/5
  • 30 votos
Peça processual

Características deste modelo de petição

Autor da petição:

Código da Petição: PETITION-687

Número de páginas: 4

Histórico de atualizações

Peça Grátis

Todas as petições do site são em arquivos Word editáveis, adaptando-se perfeitamente ao seu caso.

Faça a diferença: nossas peças já vêm com notas de jurisprudência (sempre atualizadas), leis e doutrina.

Todo site em 12x sem juros Atualização sem custo
Facebook icon
Sinopse

Divórcio extrajudicial novo CPC Minuta de escritura pública com divisão de bens 

 

MINUTA DE ESCRITURA DE DIVÓRCIO EXTRAJUDICIAL

COM PARTILHA DE BENS

 

OUTORGANTES E RECIPROCAMENTE OUTORGADOS:

(NOME DAS PARTES)

ASSISTENTE JURÍDICO: (NOME DO ADVOGADO)

TESTEMUNHAS: (NOME TESTEMUNHA)

 Se preferir, faça download em PDF deste modelo de divórcio extrajudicial

neste link  ⇠

* SAIBAM  todos os que virem esta escritura pública que (Data lav), em Cidade, PP, República Federativa do Brasil, no 00° Tabelionato de Notas, perante mim, escrevente autorizado pelo Tabelião, comparecem como partes, o primeiro outorgante e reciprocamente outorgado (QUALIFICAR O PRIMEIRO OUTORGANTE), adiante denominado simplesmente outorgante, e, como segunda outorgante e reciprocamente outorgado (QUALIFICAR O SEGUNDO OUTORGANTE), adiante denominado simplesmente segundo outorgante.

Comparece também, como assistente jurídico, (QUALIFICAR O ADVOGADO). Reconheço a identidade dos presentes e suas respectivas capacidades para o ato do que dou fé. Então, pelas partes, acompanhadas de seu advogado constituído, o ora assistente jurídico, me foi dito que desejam realizar o seu divórcio extrajudicial amigável/consensual.

PRIMEIRO – DO CASAMENTO: Os outorgantes contraíram matrimônio no dia (DATA), conforme assento feito sob n° (NÚMERO), às fls. (FOLHAS), do livro (LIVRO), nos termos da certidão emitida em (DATA_DA_EMISSÃO) do Registro Civil das Pessoas Naturais do (NÚMERO SUB)° Subdistrito – (NOME_DO_ SUBD), sob o regime patrimonial da (REGIME DE BENS).

SEGUNDO – DOS FILHOS:  Os outorgantes não possuem filhos.

TERCEIRO – DO ACONSELHAMENTO E ASSISTÊNCIA JURÍDICA: Pelo assistente jurídico, advogado constituído pelos dois outorgantes, foi dito que, tendo ouvido ambas as partes, declararam perante o assistente jurídico e este tabelião estarem convictas de que a dissolução do casamento é a melhor solução para ambos. Pelo assistente jurídico também foi asseverado que ambos os outorgantes foram cientificados dos efeitos legais do divórcio extrajudicial.

QUARTO – DO DIVÓRCIO: Assim, em cumprimento ao pedido e vontade dos outorgantes, atendidos os requisitos legais (novo CPC, art. 733, § 2º), pela presente escritura afirmam que não mais desejam manter a sociedade conjugal, declaração esta que fazem sem nenhum vício de consentimento, ficando, desta forma, a partir desta, dissolvido o vínculo conjugal entre eles, que passam a ter o estado civil de divorciados.

QUINTO – EFEITOS DO DIVÓRCIO: Em decorrência deste divórcio extrajudicial ficam extintos todos os deveres do casamento.

SEXTO – DO NOME DAS PARTES: A esposa volta a adotar o seu nome de solteira, qual seja: (NOME DE SOLTEIRA).

Compartilhe no facebook

Compartilhe no Google Plus

Compartilhe este modelo de peça nas redes sociais

SÉTIMO – DA PENSÃO ALIMENTÍCIA: Os outorgantes estabelecem que o primeiro outorgante pagará à segunda outorgante uma pensão mensal de (VALOR DA PENSÃO), reajustável anualmente pelo índice (ESTIPULAR O INDEXADOR PARA O REAJUSTE), que deverá ser depositada no dia (DIA) de cada mês, devendo o depósito ser efetuado diretamente na conta da segunda outorgada, no banco (BANCO), agência (AGÊNCIA), conta corrente n° (CONTA), sob pena de multa de (MULTA) por dia. A primeira pensão deverá ser depositada no dia (DIA) DE (MÊS) próximo.

OITAVO – DIVISÃO DOS BENS: As partes declaram possuírem os seguinte bens: 1 – Um imóvel residencial sito na Rua Y, nº 0000, na cidade de Cidade (PP), objeto da matrícula imobiliária nº 778899, junto ao Cartório de Registro de Imóveis da 00ª Zona; 2 – Um veículo de marca Y, de placas XXX-0000;3 – Uma sala comercial situada na Rua Z, nº 0000, 5º andar, sala 504, em Cidade (PP),  objeto da matrícula imobiliária nº 778899, junto ao Cartório de Registro de Imóveis da 00ª Zona; 4 - Uma sala comercial situada na Rua X, nº 0000, 7º andar, sala 701, em Cidade (PP),  objeto da matrícula imobiliária nº 332211, junto ao Cartório de Registro de Imóveis da 00ª Zona, que ora são objeto de partilha.

NONO – PARTILHAR DOS BENS: a) caberá ao primeiro outorgante os bens descritos nos itens 01 (um) ao item 02 (dois) da descrição citada no capítulo anterior desta peça; b) à segunda outorgada os bens descritos nos itens 03(três) e 04(quatro); c) ao primeiro outorgante ficarão todas as dívidas existentes até a data da celebração deste pacto, abaixo descritas (CC, art. 1.667):

( i ) pagamento do jazigo do cemitério tal, objeto do contrato nº;

( ii ) os divorciandos, em que pese o texto da lei (CC, art. 1.668, inc. V c/c art. 1.659, incs. V), evidenciam abaixo os bens excluídos da divisão de bens, visto que não se comunicam, os quais ressaltam que são bens de uso pessoal, livros e instrumentos de suas respectivas profissões:

( a )(...), bens esses do acervo patrimonial da segunda outorgada;

( b ) (....), bens esses do acervo patrimonial do primeiro outorgante;

Conteúdo progetido por direitos autorais |Petições Online|

DÉCIMO – OUTRAS DISPOSIÇÕES: As partes afirmam sob responsabilidade civil e criminal que os fatos aqui relatados e declarações feitas são a exata expressão da verdade. As partes requerem e autorizam o Oficial de Registro Civil das Pessoas Naturais do (N° SUBDIST)° Subdistrito – (LOCAL DO SUB), (MUNICIPIO DO REGISTRO) a efetuar a averbação necessária para que conste o presente divórcio extrajudicial consensual, passando as partes ao estado civil de divorciadas.

Requerem ainda aos Oficiais de Registro de imóveis e Órgão de Trânsito competentes a efetuarem as averbações necessárias. As partes foram esclarecidas pelo tabelião sobre as normas legais e os efeitos atinentes a este ato, em especial sobre os artigos citados nesta escritura, requerendo, como previsto no Código de Processo Civil de 2015, art. 189, inc. II e § 1º, confidencialidade a respeito desta escritura.

ASSIM dizem, pedem e lavro a presente escritura que, lida em voz alta, acham em tudo conforme, aceitam, outorgam e assinam, o presesente divórcio extrajudicial. Escrita pelo escrevente (Nome_esc_resp) e assinada pelo (Cargo_esc_ass).

 

Dou fé.

* representa apenas um exemplo de acordo entre as partes em divórcio extrajudicial, feita pelo advogado abaixo designado.

Prof Alberto Bezerra |Petições Online|Alberto Bezerra é professor de Prática Forense Penal, Civil e Trabalhista. Advogado atuante desde 1990. Também leciona a disciplina de Direito Bancário. Pós-graduado em Direito Empresarial pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo(PUC/SP). Articulista, palestrante e autor de diversas obras na área do direito, incluindo Prática Forense Bancária, Prática da petição inicial cível (com petições cíveis no novo CPC em PDF), Prática da petição inicial: família, Teses de Defesa na Prática Forense Penal e A Teoria na Prática: Responsabilidade Civil. Fundador do site Peticoes Online.

 Confira » aqui « o manual de petições cíveis prontas (download em PDF) do Prof Alberto Bezerra

 

 

Outras informações importantes

Veja o conteúdo dessa petição

 

Avaliações

Ainda não há comentários nessa detição. Seja o primeiro a comentar!

Faça login para comentar

Ou faça o login com...